Irregularidades deixam as obras da ferrovia Norte-Sul sem conclusão

0
154
IMPRIMIR
O projeto prevê 4,5 mil quilômetros de trilhos, ligando Barcarena, no Pará, a Rio Grande, no Rio Grande do Sul

A equipe do JN no Ar foi até Goiás para ver de perto a situação da ferrovia Norte-Sul. Há denúncias de superfaturamento e desvio de dinheiro na execução das obras.

Visitamos um trecho da ferrovia Norte-Sul, que deveria estar sendo inaugurada agora, em julho, e que só deve ficar pronta em setembro do ano que vem. É um trecho que vai de Palmas até Anápolis, sob responsabilidade da empresa pública Valec.