Comércio internacional da América Latina cairá 23% em 2020, prevê Cepal

0
52
IMPRIMIR
As exportações para a Ásia, no entanto, apresentaram maior resiliência. As vendas para a china de janeiro a maio, por exemplo, caíram 1,2%.

O comércio internacional da região da América Latina e Caribe cairá 23% em 2020 em decorrência dos efeitos econômicos da pandemia da covid-19, afirmou em relatório nesta quinta-feira a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). A queda prevista é mais acentuada do que na crise financeira de 2009, quando a contração foi de 21%.
Segundo o documento “Os efeitos da covid-19 no comércio internacional e na logística”, divulgado nesta quinta-feira em Santiago do Chile, o valor das exportações regionais terá contração de 23% neste ano, e o das importações, queda de 25%.

De acordo com a comissão, o valor das exportações e importações de bens da região diminuiu 17% entre janeiro e maio de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019.
Nos primeiros cinco meses do ano as exportações da América Latina e Caribe para os EUA caiu 22,2%, em termos de valor, enquanto as vendas para a União Europeia diminuíram 14,3%. Já as exportações para países da própria região caíram 23,9%.
As exportações para a Ásia, no entanto, apresentaram maior resiliência. As vendas para a china de janeiro a maio, por exemplo, caíram 1,2%.

Fonte: Valor