Principais nomes do setor portuário se reúnem no Sudeste Export em São Paulo

0
153
IMPRIMIR
                     José Roberto Campos, presidente do Conselho Nacional do Fórum Brasil Export

São Paulo recebe nos dias 19 e 20 de outubro o Sudeste Export, um fórum que reúne os principais nomes ligados ao setor portuário, de infraestrutura, logística e multimodalidade. O evento tem como objetivo debater os aspectos ligados a esse setor que é fundamental para a economia do país, já que 95% do escoamento de todas as exportações nacionais se dão através dos portos. Dada a sua importância, toda a atividade portuária foi considerada essencial durante a pandemia do novo coronavírus.

Durante esses dois dias ocorrerão palestras e painéis que terão transmissão via Zoom. As inscrições para os debates são gratuitas e é necessário apenas se cadastrar pelo site https://forumbrasilexport.com.br/sulexport/ para receber o link de acesso e assistir.

“O setor portuário está no centro da estratégia da logística nacional. E vem passando por transformações, já que é tema constante do Legislativo, do Executivo, agências reguladoras e está atraindo investimentos consistentes. Só para citar um número, o programa de desestatizações de áreas portuárias devem atrair R$ 10 bilhões de investimento até 2022. Isso impactará diretamente não só no setor, mas no desenvolvimento de todo o País. E é devido a isso que estaremos reunidos para ouvir de especialistas e autoridades formas de melhorar a logística e infraestrutura. Estamos muito felizes em sermos os facilitadores desses debates”, afirma Fabrício Julião, CEO do Fórum Brasil Export e dirigente da Una Marketing de Eventos, que promove o fórum.

O evento ocorrerá de forma híbrida. Um grupo restrito de participantes estará no Tivoli Mofarrej, na região da avenida Paulista, de onde serão organizados os painéis e geradas as imagens. Alguns palestrantes e painelistas participarão presencialmente, e outros, de forma remota, via Zoom. O público poderá acompanhar tudo online.

Foram convidados para o evento representantes dos governos dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo; além de integrantes do governo federal; tais como do Ministério da Infraestrutura; Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) e PPI (Programa de Parcerias de Investimentos). A lista de nomes de integrantes de entidades inclui desde colegiados nacionais, tais como CNT (Confederação Nacional dos Transportes); Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo); até específicos do setor portuário (veja lista de patrocinadores no final). Dirigentes de portos nacionais e internacionais, tais como os de Antuérpia (Bélgica) e Valência (Espanha), também estão na lista de convidados.

O evento conta com apoio institucional do Ministério da Infraestrutura.

Painéis e programação

Entre outros temas, os painéis debaterão o seguinte: interconectividade logística entre os portos da região; multimodalidade; caminhos para a desestatização; modelos internacionais; impacto comercial; necessidade de ajuste fiscal e reforma tributária; e industrialização do agronegócio e sua importância na balança comercial. Cada um desses painéis contará com um apresentador, um moderador e convidados.

A programação terá início na manhã do dia 19 (segunda-feira). Ele será reservado palestra tecnológica ligada ao Brasil Hack Export, o evento de inovação ligado ao Fórum (leia mais abaixo), anúncio do vencedor da etapa do hackathon, apresentações de patrocinadores (empresas e associações da área), solenidade com presença de autoridades e a palestra de abertura pelo secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio. O segundo dia, no dia 20 (terça-feira), será reservado aos painéis, e solenidade de encerramento.

Curadoria

A formatação desses fóruns conta com o papel fundamental dos conselheiros do Brasil Export. São cerca de 150 personalidades de notório saber em suas áreas, predominantemente logística portuária e comércio exterior, que ajudam a definir os temas mais relevantes e indicam nomes para participar dos debates.

O presidente do Conselho Nacional do Brasil Export é o consultor portuário José Roberto Campos, uma das principais referências do setor no Brasil e no exterior. Ao comentar sua expectativa para o evento, Campos lembrou do sucesso das edições regionais realizadas até aqui e ressaltou que, em sua origem, o Fórum Brasil Export era denominado Santos Export por ter como base de discussão o porto do litoral paulista, o maior complexo portuário da América Latina. E ele se mostra otimista com a amplificação desse debate para toda a região.

“O Sudeste Export não vai só estar lincado ao porto de Santos mas a todos os portos do Sudeste, bem como suas logísticas terrestres e marítimas. Teremos sem dúvida alguma um evento de alta qualidade e com pessoas muito importantes participando. Podemos, dessa maneira, colher o que necessitamos fazer para oferecer uma melhor logística e saber quais são as soluções que esse grupo de especialistas poderá propor aos governos federal, estadual e municipal. Tenho certeza de que será outro grande sucesso”, afirmou o presidente do Conselho do Brasil Export.Em São Paulo o anfitrião do Sudeste Export será Henry Robinson, presidente do Conselho do Sudeste Export.

Para saber mais como participar do Brasil Hack Export, o evento de inovação ligado ao Fórum Brasil Export, acesse https://www.brasilhackexport.com.br/

Patrocinadores
Alemoa S.A., BTP, CNT, CODESA, CDRJ, DP World, Ecoporto Santos, Eldorado Celulose, Piacentini do Brasil, Porto do Açu Operações, Praticagem do Brasil, Sammarco Advogados Associados, Santos Brasil, SOPESP, T-Grao, Unimed Santos

Serviço
Sudeste Export – Fórum Regional de Logística e Infraestrutura Portuária
Data: de 19 a 20 de outubro
Local: evento online
Inscrições: gratuitas e podem ser feitas no site https://forumbrasilexport.com.br

Acompanhe pelas redes
Instagram: @brasilexport
Facebook: @ForumBrasilExport
Twitter: @brasil_export

Fonte: Assessoria