Governo avança na criação de corredor logístico entre Brasil e Bolívia

0
51
IMPRIMIR
As melhorias na BR-070 estão previstas em contrato que vai até 2022. Além das obras de restauração, são contemplados serviços de manutenção rotineira em 182 quilômetros da rodovia federal. Os trabalhos incluem duas grandes pontes, sobre os rios Araguaia e Garças

Avança a criação, pelo Governo Federal, de um novo corredor para impulsionar o transporte de cargas entre o Brasil e a Bolívia. Nesta quinta-feira (16), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), general Santos Filho, foram a Montes Claros (GO) entregar trecho ampliado da BR-070. A rodovia corta o Centro-Oeste, partindo do Distrito Federal e se estendendo até a fronteira boliviana. A obra faz parte de uma série de ações voltada à recuperação de 182 quilômetros da rodovia, que somam investimentos de R$ 245.556.026,43 e abrangem todo o segmento entre as cidades goianas de Itapirapuã e Aragarças.

“Essa é uma rodovia radial, que passa por Goiás e Mato Grosso, estados com intensa produção agropecuária. Os investimentos na BR-070 são estratégicos para que tenhamos um corredor logístico entre o Brasil e a Bolívia. Com pistas melhores, e que agora contam com acostamentos, aumentando a segurança na via, nossos produtos chegarão ao mercado externo com frete mais baixo e ganharão em competitividade”, avalia o ministro Tarcísio.

As melhorias na BR-070 estão previstas em contrato que vai até 2022. Além das obras de restauração, são contemplados serviços de manutenção rotineira em 182 quilômetros da rodovia federal. Os trabalhos incluem duas grandes pontes, sobre os rios Araguaia e Garças. Operações de limpeza, tapa-buracos e de recuperação dos dispositivos de drenagem estão em execução desde 2020.