Defesa Civil: monitoramento do rio São Lourenço

0
389
IMPRIMIR
O equipamento foi adquirido através de um convênio entre a Prefeitura – Coordenadoria Municipal de Defesa Civil e o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), que monitora os dados coletados pela nova plataforma, emitindo alertas para o municípioIntegrando o plano de monitoramento do Rio São Lourenço, o município conta com uma plataforma de coleta de dados junto ao curso d’água. O equipamento está instalado junto à ponte de acesso ao camping e compreende um radar que mede o nível de água naquele ponto, um pluviômetro e uma câmera fotográfica que registra imagens do rio a cada uma hora. Quando o nível do rio subir ou estiver chovendo, a câmera registra imagens com intervalo de até um minuto, inclusive à noite.O equipamento foi adquirido através de um convênio entre a Prefeitura – Coordenadoria Municipal de Defesa Civil e o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), que monitora os dados coletados pela nova plataforma, emitindo alertas para o município.

O coordenador municipal de Defesa Civil, Ilton Kuhn afirma que o novo equipamento é uma ferramenta importante para auxiliar o município no monitoramento do nível do rio, com um sistema que avisa quando a água está subindo e permitindo emitir um alerta para a comunidade das zonas próximas as margens do Arroio São Lourenço. “O investimento nesta plataforma demonstra a preocupação da Prefeitura com a proteção e prevenção na área da Defesa Civil, com a aquisição de equipamentos para qualificar e estruturar a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, que já conta com uma estação pluviométrica no Passo do Candombe www.smad.rs.gov.br   e três pluviômetros semiautomáticos na Boa Vista, Fortaleza e Horto Municipal” – destaca.

Os dados coletados pela plataforma podem ser acessados no site www.cemaden.gov.br, no banner “Mapa Interativo – Rede Observacional”, selecionando a opção “Estações”, em seguida “Estações Hidrológicas” e clicando em São Lourenço do Sul no mapa. No site é possível acessar o histórico da precipitação pluviométrica, o acumulado para o período, o nível do rio e fotos atualizadas do local.

Fonte: Diário da Manhã