Acordos

0
490
IMPRIMIR
>Em outubro de 2009, o presidente Lula esteve visitando a Bélgica.No contexto da reunião bilateral belgo-brasileira, o chanceler brasileiro, Celso Amorim, e o colega belga, Yves Leterme, assinaram diversos acordos de colaboração sobre transferência de presos, previdência social, consultas políticas, cultura, logística portuária e migrações.
Um deles garantirá que os trabalhadores brasileiros no país europeu –cerca de 40 mil– poderão utilizar os benefícios previdenciários se decidirem voltar ao país de origem, um tratado recíproco para os belgas empregados no Brasil.


Assinaram outro acordo que abre a via para colaborações em setores-chave como espacial, nuclear, nanotecnologia, biotecnologia, saúde pública e epidemiologia.
Além disso, o memorando de entendimento sobre consultas políticas que concluíram estabelecerá reuniões de alto nível entre os países a cada seis meses.
Na área cultural, o Brasil será o país convidado ao festival cultural Europalia 2010, realizado a cada dois anos e que permitirá à Europa conhecer o Brasil em toda sua diversidade, disse o governante brasileiro.