Acompanhe ao vivo leilão do Porto de Itaqui / Maranhão e do Porto de Pelotas/ RS

0
75
IMPRIMIR

Nesta sexta-feira (9), o Ministério da Infraestrutura abre mais uma rodada de leilões, com total de 28 ativos do Governo Federal que serão repassados à iniciativa privada. Os contratos devem render mais de R$ 10 bilhões em investimentos nos próximos anos, sendo R$ 600 milhões com a concessão de cinco terminais portuários.

Chamada de Infra Week, a série de leilões do setor de logística e transportes será realizada na Bolsa de Valores B3. O primeiro será voltado à concessão de 22 aeroportos à gestão da iniciativa privada. Na quinta, será a vez de um trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). Na sexta, serão leiloados cinco terminais portuários, sendo quatro no Porto de Itaqui (MA) e o outro no Porto de Pelotas (RS).

Esses terminais se somam a outros 20 leiloados desde 2019 e 69 contratos de terminais de uso privado. Nesse setor, já foram contratados R$ 10 bilhões, de acordo com o Ministério da Infraestrutura.

“Os investimentos representam mais do que orçamento anual do próprio Ministério, O setor será uma alavanca para a retomada dos empregos”, disse o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Até 2022, serão R$ 260 bilhões contratados em parceria com o setor privado, quase 40 vezes o orçamento do Minfra hoje.

O porto gaúcho é o terminal  situado na região sul do Rio Grande do Sul, e é a única estrutura gaúcha que consta na lista de rodada dos leilões. A empresa vencedora vai operar o porto pelos próximos 10 anos. O investimento previsto é de R$ 16 milhões na malha portuária, o que amplia a possibilidade de novos empregos no município.

 Desde 2015, o porto de Pelotas vem sendo utilizado pela CMPC, uma das principais empresas de celulose da América Latina. O vínculo entre o porto e a empresa, assinado em 2015, é regido por um contrato de uso temporário.

O Porto de Pelotas tem atualmente quatro acessos: rodoviário, pelas BRs 392 e 471; ferroviário, marítimo e fluvial, e por isso desperta interesse de empresas privadas.

ACOMPANHE AO VIVO OS LEILÕES