Wilen Manteli tem biografia lançada; próximo livro será sobre Roberto Oliva

0
27
IMPRIMIR
O ex-presidente da ABTP, Wilen Manteli, recebeu um exemplar de sua biografia de forma simbólica das mãos do atual presidente da entidade, Jesualdo Silva (Crédito: Divulgação/Grupo Brasil Export)

A cerimônia de apresentação do calendário 2024 do Grupo Brasil Export, realizado na terça-feira, dia 6, em Brasília (DF), também reservou um espaço para homenagens a personalidades do setor portuário. Uma delas foi o ex-presidente da Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP), Wilen Manteli, que teve sua biografia oficialmente lançada durante o evento.

O livro Wilen Manteli, D. Quixote dos Pampas foi escrito pela colunista e colaboradora do BE News, Ivani Cardoso. A obra tem o projeto gráfico assinado por Mônica Mathias, diretora de Arte do jornal BE News.

“É uma gratificante homenagem, materializada em livro e ainda com uma referência ao Dom Quixote, que sempre me agradou”, afirmou Manteli, que foi chamado ao palco pelo CEO do Grupo Brasil Export, Fabrício Julião. Ele recebeu um exemplar de forma simbólica das mãos do atual presidente da ABTP, Jesualdo Silva.Momentos antes da cerimônia, Wilen Manteli participou de uma sessão de autógrafos.

Oliva

O livro sobre Wilen Manteli é o terceiro de uma série lançada pela Brasil Export Biografias. Antes dele, já foram retratados o presidente do Conselho Nacional do Brasil Export, José Roberto Campos, e o presidente do Conselho do Nordeste Export, Aluisio Sobreira.

Fabrício Julião aproveitou a ocasião para anunciar o próximo biografado, que será o presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP), Roberto Zitelmann Oliva.

“É uma surpresa essa homenagem. Se é assim, temos que aceitar de bom grado”, brincou o executivo.

Oliva é formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Foi fundador e diretor-presidente da Intermarítima Portos e Logística SA de 1993 a 2012, quando assumiu como presidente do conselho da empresa. Também foi fundador e vice-presidente da Federação Nacional das Operações Portuárias (Fenop).

“É uma felicidade muito maior poder estar aqui logo após o Manteli. Juntos nós fundamos a Fenop. É uma história de muita luta. A todos vocês eu só tenho a agradecer”, disse Oliva.

Fonte: BE NEWS