Terminais inflamáveis serão submetidos a revisão no próximo mês

0
549
IMPRIMIR
Incêndio em tanques de combustíveis em Santos durou nove dias

 

O incêndio ocorrido em abril no terminal da Ultracargo, no Distrito Industrial da Alemoa, em Santos, levou a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) a atualizar o panorama das normas para armazenamento de líquidos inflamáveis e de combustíveis. A partir do próximo mês, em todo o Brasil esses terminais serão submetidos a uma revisão.

 

A norma que será submetida ao processo de revisão é a NBR 17505. Esta é uma reivindicação do próprio setor, que questiona a eficiência das atuais regras para a construções de terminais semelhantes ao da Ultracargo e que são comuns no complexo portuário santista e em cidades próximas, como em Cubatão.
Após o incêndio, que durou nove dias, técnicos em segurança, empresários, engenheiros, bombeiros e brigadistas questionaram a proximidade dos tanques da empresa, a altura de contenção, a quantidade de água armazenada, além do próprio sistema de combate ao fogo, que se mostrou ineficiente diante da proporção do caso.