TCP fecha 2019 com maior movimentação da sua história

0
209
IMPRIMIR
Para 2020, a previsão é de o crescimento fique acima dos 10% estimulado, principalmente, pela movimentação de commodities como madeira, algodão, papel e celulose, cargas refrigeradas, e bens de consumo e eletrônicos.

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, fechou o ano de 2019 com a maior movimentação da sua história: ao todo, foram 915.242 TEUs movimentados. O número significa um aumento de 12,5% em relação ao ano de 2018, quando foram contabilizados 800 mil TEUs de janeiro a dezembro.

Juarez Moraes e Silva, diretor Institucional da TCP, explica que o grande volume movimentado pelo Terminal se justifica pelo trabalho comercial para a atração de novos de clientes na região de influência, em estados como São Paulo e Santa Catarina. “Além de um trabalho comercial muito forte, a TCP oferece a opção da ferrovia, que acessa diretamente a área primária do Porto de Paranaguá, reduzindo os steps logísticos e, consequentemente, tornando a operação mais competitiva por Paranaguá”, ressalta. Em comparação com o ano passado, o crescimento do volume transportado por esse modal foi de 26%.

Como atrativo para novas cargas, o executivo destaca ainda soluções logísticas como os armazéns em Paranaguá e no interior, e a evolução contínua nas operações com armadores e negociações para melhorias nas linhas marítimas. “A TCP é o terminal brasileiro com o maior número de serviços marítimos e o único com todos os serviços para continente asiático”, diz.