Produção de carne sobe, e Argentina avança no mercado externo

0
57
IMPRIMIR
O setor de carnes da Argentina, após o fim das intervenções do governo, começa a entrar nos trilhos. O país elevou o consumo interno, exporta mais e importa menos.

Os dados mais recentes do Ministério da Agricultura da Argentina e de entidades privadas apontam aumento de consumo per capita em todos os segmentos.

Os dados atuais mostram consumo anual de 59 quilos de carne bovina por pessoa, 44 de carne de frango e 14 de carne suína.

O maior desempenho ocorreu no setor de suínos, cujo consumo era 36% menor que o atual há cinco anos. Somava apenas 9 quilos per capita.

O consumo de carne bovina, após forte recuo nos últimos anos, devido à redução do rebanho, começa a se recuperar.

Essa melhora no quadro de produção e de oferta de carnes na Argentina acaba afetando o Brasil, que tinha um bom mercado no país vizinho.