Praticagem do Rio Grande

0
42
IMPRIMIR

Operadores e supervisores do Centro de Operações (Atalaia) da Praticagem da Barra do Rio Grande participaram de um curso de atualização em modo online e presencial. Eles tiveram aulas sobre cartas náuticas, cartas eletrônicas (ECDIS), radares, portable pilot units (equipamentos portáteis de navegação eletrônica) e inglês técnico. “Não existe operação boa sem treinamento recorrente com ferramentas adequadas”, diz o diretor operacional da praticagem, prático Bernardo Ramos.

HISTÓRIA

Francisco Marques Lisboa é o Patrono da Praticagem no Brasil.Ele teve participação na construção, em 1820, da antiga torre de observação da praticagem, em São José do Norte (RS), de onde era içada uma bandeira que sinalizava aos práticos a chegada dos navios.

Pai do Almirante Tamandaré, Lisboa nasceu em Portugal e chegou ao país em 1775. Ele se estabeleceu como comerciante na então vila do Rio Grande e percebeu a importância de organizar um serviço de praticagem. Foi o primeiro prático nomeado por um vice-rei e exerceu a função de patrão-mor da vila até 1832, quando encerrou suas atividades.

A torre foi desativada em 1972. Administrada pela Praticagem da Barra, responsável em 2010 pela obra de restauro do revestimento interno, do piso e escadaria. Erguida em alvenaria e ferro, com a escadaria interna em madeira, a Atalaia foi a primeira obra de engenharia do Rio Grande do Sul de tão expressiva altura – 28 metros divididos em três pavimentos.

Segundo informações da Praticagem da Barra, a Atalaia foi construída quando Francisco Marques, pai do almirante Joaquim Marques Lisboa, o Marquês de Tamandaré, desempenhava a função de prático-mor, sob os auspícios do Império. Na época, a Praticagem era uma corporação da Marinha.

Constituído de sambaquis (conchas), no seu topo queimava-se lenha para orientar os navegadores. Informações indicam que piratas acendiam fogueiras na praia a fim de provocar o encalhe de navios para posterior saque.
O atual farol de São José do Norte foi inaugurado em 1896. Possui 31 metros de altura e seu facho luminoso tem o alcance de 16 milhas náuticas, está localizado na povoação da Barra.