Operadores logísticos contrataram mais de 13 mil profissionais em 2021

0
21
IMPRIMIR
Além de mais oportunidades de trabalho, o salário base também vem crescendo, em torno de 4%, nos últimos quatro anos

Os maiores operadores logísticos (OLs) do país, filiados à Abol – Associação Brasileira dos Operadores Logísticos, contrataram, aproximadamente, 13 mil novos colaboradores em 2021, segundo levantamento inédito feito pela entidade. A maioria (53,8%) apontou também que foram admitidos mais profissionais do que em 2020.

O número acompanha o crescimento de contratações no setor de logística, que subiu significativamente durante a pandemia do coronavírus. Apenas nos primeiros cinco meses do ano passado, houve um incremento de 37% em vagas abertas, de acordo com o Banco Nacional de Empregos (BNE).

A necessidade da criação de uma cadeia de distribuição de insumos de saúde e o aumento das vendas online impactou o número de contratações no país. No entanto, no caso dos OLs, o e-commerce não foi o principal motivo do recrutamento, conforme garantiram 61,5% das empresas que participaram da pesquisa.

O resultado também revela que os OLs optaram por contratar mais pessoas em caráter permanente, oferecendo mais estabilidade aos seus funcionários. Enquanto 61,5% deixaram claro que admitiram novos funcionários para vagas efetivas, outros 38,5% disseram que parte das contratações feitas no período foram para funções temporárias. As principais áreas com mais admissões em 2021 seguem sendo a de logística, transporte e operações (84,7%), e a administrativa (15,4%).

E a tendência é de que o cenário continue promissor em 2022. Entre as associadas à Abol, 92,3% pretendem abrir novos postos de trabalho este ano. No entanto, apesar das perspectivas positivas, as empresas (84,6%) sentiram falta de mão de obra qualificada durante os processos seletivos, sobretudo em um momento em que a tecnologia integra parte importante dos investimentos e de planos de expansão.