Levantamento inédito registra aumento de baleias jubarte no Brasil

0
94
IMPRIMIR
                      O primeiro levantamento, em 2002, registrou a ocorrência de apenas 3.396 animais

O número de baleias jubarte que visitam o litoral do Brasil vem aumentando. Os resultados do levantamento inédito realizado pelo Projeto Baleia Jubarte, patrocinado pela Petrobras, feito em parceria com o Instituto Chico Mendes, no ano passado, acabam de ser divulgados e registram a ocorrência de 11.418 indivíduos da espécie na costa que vai de Sergipe ao Rio de Janeiro.

O número é quase 20% maior do que o identificado na pesquisa anterior, em 2008, quando estimava-se que 9.300 jubartes estivessem no País para se reproduzir e amamentar suas crias. “ O resultado reflete o trabalho de conservação que vem sendo feito, aliando educação ambiental, pesquisa e o fomento às políticas públicas que tem como objetivo a conservação da espécie e do ecossistema marinho”, explica a presidente do Instituto Baleia Jubarte, Márcia Engel.

 Apesar do aumento da população, Márcia diz que ainda há muito que se fazer para a conservação da espécie e alerta para riscos de atropelamento, emalhamento em redes de pesca e a escassez do Krill, principal alimento da espécie, devido a alterações climáticas: “O número de jubartes hoje representa apenas 27% da população original antes da caça”, afirma, se referindo à maior ameaça às jubartes, durante os séculos XIX e XX quando elas eram mortas para ter sua gordura utilizada na iluminação pública e como argamassa na construção de casas. Das 30 mil que existiam antes da caça, restaram apenas 1000 após a proibição da prática, em 1966.

 O primeiro levantamento, em 2002, registrou a ocorrência de apenas 3.396 animais. A área de pesquisa, porém, era bem menor, se estendia por toda a costa da Bahia e do Espírito Santo. A região conhecida como Banco de Abrolhos, localizada entre o norte do Espírito Santo e o extremo sul da Bahia é o maior berçário reprodutivo da espécie em todo o Atlântico Sul Ocidental.

 Temporada no Brasil

 As jubartes já estão nos mares do Brasil para se acasalar, reproduzir e cuidar de suas crias. Com aproximadamente 16 metros de comprimento e chegando a pesar 40 toneladas, a espécie é uma das mais carismáticas por seu jeito brincalhão. Quem quiser vê-las de perto pode se aventurar numa modalidade de turismo que cresce a cada dia. Trata-se do cruzeiro de observação de baleias, prática estimulada pelo Projeto Baleia Jubarte. Os pontos de saída são em várias partes da Bahia e o período vai de julho a novembro, quando elas retornam para a Antártida para se alimentarem.