Instalação de fábrica de pellets é tema de reunião na SUPRG

0
708
IMPRIMIR
Reunião pellets 23052016 credito andrezenobini-suprg
A empresa formalizou na última semana a instalação de uma fábrica de pellets no Distrito Industrial do Rio Grande que irá utilizar também o complexo portuário para exportação do material

Aconteceu na manhã desta segunda-feira, 23, uma reunião entre empresários da Energy America Brazil Wood Resources Ltda. e a direção da Superintendência do Porto do Rio Grande. A empresa formalizou na última semana a instalação de uma fábrica de pellets no Distrito Industrial do Rio Grande que irá utilizar também o complexo portuário para exportação do material.  O investimento inicial na cidade chega a R$ 24 milhões.

O investimento consiste de três fases que foram apresentadas a Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul sendo que a primeira deverá ser a produção de 70 mil toneladas/ano de pellets para a exportação; a dois consiste na produção e exportação de 400 mil toneladas/ano de cavacos de madeira a granel e; a terceira será a produção e destinação de mais 350 mil toneladas/ano para o mercado externo. “É um grande projeto que traz inúmeros benefícios para cidade e para o porto. Serão diversos empregos gerados de forma direta e indireta. Um investimento avaliado pela Secretaria de Desenvolvimento que beneficia diretamente o complexo portuário”, afirma o diretor-superintendente, Janir Branco.

“A reunião que tivemos com a empresa serve para darmos continuidade ao processo de instalação iniciado pelo secretário de Estado, Fabio Branco. O pellets é um combustível granulado fabricado a partir de diversos tipos de biomassa renovável. A matéria prima para produzir pellets virá do eucalipto, pinus e acácia de florestas cultivadas na região sul do estado. A indústria absorverá, também, resíduos de madeireiras gaúchas em atividade. A Energy América Brazil Wood instalará a unidade industrial de fabricação de pellets em uma área de 261.212,73 m² no Distrito Industrial.