IMO endossa os protocolos de mudança de tripulação durante a pandemia

0
77
IMPRIMIR
Os protocolos também enfatizam a necessidade de os governos designarem os marítimos como trabalhadores-chave, prestando um serviço essencial.

Um importante conjunto de protocolos de referência para garantir mudanças seguras da tripulação do navio e viagens durante a pandemia do Coronavirus (Covid-19) foi reconhecido pelo corpo técnico da IMO, o Comitê de Segurança Marítima (MSC).

O comitê, reunindo-se virtualmente na sua 102ª sessão (4 a 11 de novembro), aprovou uma circular do MSC reconhecendo os protocolos desenvolvidos pela indústria, que estabelecem medidas e procedimentos gerais projetados para garantir que as mudanças de tripulação de navios e viagens possam ocorrer com segurança durante a pandemia.

Atualmente, milhares de marítimos estão presos a bordo de navios, tendo seus contratos estendidos para além da duração máxima dos períodos de serviço aceitos em tratados internacionais, ou seja, menos de 12 meses, e um número semelhante de marítimos está esperando para ingressar nos navios.