Guarujá prepara implantação de zona retroportuária

0
124
IMPRIMIR
Em Santos, a Prefeitura promete avançar nas obras de remodelação da entrada da Cidade, pelo menos no acesso que facilitará o acesso ao Porto.

A implantação de uma zona retroportuária em Guarujá chamou a atenção do Consórcio Portuário Paulista (formado pelas empresas DTA Engenharia, Elenco Participações, CVS S.A. e Terracom Construções) e da consultoria GeoBrasilis. O consórcio terá 120 dias para concluir o estudo de viabilidade técnica da área de 5 milhões de metros quadrados localizada às margens da Rodovia Cônego Domênico Rangoni, próximo ao trevo da Vila Áurea.A convocação aconteceu no último dia 29 e o estudo terá que apresentar a viabilidade de implantação, construção e exploração do local.

“Esse estudo deverá ser bem amplo, identificando quais os produtos e terminais atenderão essa nova demanda. Precisamos acompanhar o crescimento do Porto dando suporte a ele”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico e Portuário de Guarujá, Gilberto Benzi.

Em Santos, a Prefeitura promete avançar nas obras de remodelação da entrada da Cidade, pelo menos no acesso que facilitará o acesso ao Porto.

“Mais de 60% das ações que cabem ao município já foram feitas. Já foram obtidos os recursos junto ao BNDES e agora o Governo do Estado está providenciando a parte deles, que é uma prorrogação do contrato da Ecovias, para que eles façam as obras. Isso ainda depende de um aval do TCU (Tribunal de Contas da União), mas está em andamento. A parte do Governo Federal ainda está parada por falta de recursos”, explica o secretário municipal de Assuntos Portuários, Indústria e Comércio de Santos, Omar Silva Junior.

Fonte: A Tribuna