Grupo de caminhoneiros chama greve para 1º de fevereiro

0
86
IMPRIMIR
               Líder de grevistas diz ter reunião com ministro da Infraestrutura no dia 26

Um grupo de caminhoneiros marcou para 1º de fevereiro uma paralisação nacional da categoria como forma de tentar pressionar o governo de Jair Bolsonaro. O movimento é liderado pela Associação Nacional de Transporte no Brasil (ANTB) e pelo Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC), duas entidades cujos líderes apoiaram a eleição de Bolsonaro mas que, até o momento, não tinham interlocução com o Ministério da Infraestrutura.

Plínio Dias, presidente do CNTRC e do Sindicato dos Caminhoneiros de São José dos Pinhais (PR), afirma ter sido chamado para uma reunião em Brasília no dia 26 para que o ministro Tarcísio de Freitas ouça as reivindicações. “A repercussão está tão grande que tem muitos caminhoneiros que querem estar em Brasília no dia 26. Compareçam lá. A pauta é de vocês. Espero que o ministério arrume um auditório para nos receber”, diz Dias em vídeo que circula por grupos de WhatsApp de caminhoneiros. O encontro ainda não foi confirmado pelo ministério.

https://valor.globo.com/brasil/noticia/2021/01/14/grupo-de-caminhoneiros-chama-greve-para-1o-de-fevereiro.ghtml