Fórum Latino-Americano 2017 – Praticagem brasileira terá cinco palestrantes

0
599
IMPRIMIR

De 30 de outubro a 3 de novembro, Buenos Aires será sede do IX Fórum Latino-Americano de Práticos, com representantes de Argentina, Brasil, Chile, Cuba, Colômbia, Equador, México, Panamá, Peru, Uruguai e Venezuela.

O evento, criado em 2004 durante o XVII Congresso da Associação Internacional de Práticos Marítimos (IMPA), em Istambul, tem como objetivo o intercâmbio de informações entre cada praticagem nacional. O Brasil terá cinco palestrantes, além da presença do diretor-presidente do Conapra, o prático Gustavo Martins.

O prático Ricardo Falcão, vice-presidente da IMPA, vai falar sobre dois temas: “Silêncio… O som da segurança” e “Competição no Rio Amazonas”.

O prático Matusalém Gonçalves Pimenta levará o assunto do seu mais novo livro “Praticagem, Meio Ambiente e Sinistralidade”, no qual analisa acidentes a partir da resolução A-960 da Organização Marítima Internacional (IMO).

O prático Siegberto Schenk, do Conselho Técnico do Conapra, dedicará seu tempo de apresentação ao “Gerenciamento de risco”, conhecimento fundamental para o prático, devido as consequências cada vez mais graves de danos, devido o aumento das embarcações.

O prático Marco Lucas irá apresentar o sistema ReDraft adotado pela praticagem no Porto de Santos, que calcula com mais precisão o calado dinâmico, que considera as condições ambientais, oferecendo mais segurança a navegação e maior flexibilidade nas operações portuárias.

O prático Porthos Augusto, diretor técnico do Conapra, por sua vez, abordará o modelo de capacitação brasileiro ATPR, realizado em ciclos desde 2005.

www.flaprac.org