Estaleiro Atlântico Sul fecha outro ano com prejuízo e acionistas injetaram mais R$ 1,1 bi

0
275
IMPRIMIR
O estaleiro já soma perdas de R$ 920 milhões em toda sua história
                                      O estaleiro já soma perdas de R$ 920 milhões em toda sua história

Mesmo com o esforço dos acionistas do Estaleiro Atlântico Sul (EAS), que injetaram quase R$ 1,1 bilhão no ano passado, a companhia teve um novo prejuízo em 2016.

A empresa amargou perdas líquidas de R$ 62,2 milhões no período. O que serve de alento é o fato do volume ser seis vezes menor do que o prejuízo apurado em 2015.

A redução nas perdas foi resultado da variação cambial sobre a dívida do EAS, que totalizava R$ 2 bilhões no final de 2016. Esse fator ajudou positivamente o balanço do estaleiro em R$ 1 bilhão. O estaleiro já soma perdas de R$ 920 milhões em toda sua história.

A receita da empresa em 2016 aumentou 12%, totalizando R$ 669 milhões. Além disso, o EAS teve um esforço para redução de suas despesas. Os cortes chegaram ao patamar de 25% nos gastos gerais. A redução nas despesas administrativas ficaram em 8,8%. Mesmo assim, o resultado operacional da companhia ficou no vermelho: R$ 87 milhões negativos. Os auditores do balanço financeiro do EAS ressaltaram a importância das medidas de reestruturação para a continuidade operacional do estaleiro, além da contratação de novos clientes.

17580288_10154244085715964_1872344263_n