Engenharia portuária precisa acompanhar aumento de navios e maior movimentação de líquidos nos próximos anos

0
100
IMPRIMIR

O setor portuário não pode perder tempo e deve se preparar para o aumento da movimentação em suas instalações, que receberão navios de dimensões maiores nos próximos anos. Um dos principais desafios a curto prazo será receber nos portos brasileiros navios com 366 metros de comprimento e superiores. A preocupação nos portos públicos e terminais privados é a necessidade de melhoria dos acessos aquaviários, principalmente nos canais. Além disso, cresce o número de demandas complexas, como as operações de transbordo (ship-to-ship). O ano também teve início com expectativa de recuperação na movimentação de contêineres e com retorno de alguns serviços que haviam saído da costa brasileira.

Fonte: Portos e Navios / Danilo Oliveira