Contrato preliminar reserva área para investimento no Distrito Industrial

0
309
IMPRIMIR
Projeto industrial será instalado em uma área de 69.601,80 metros quadrados e prevê o investimento de R$ 159 milhões / Divulgação/SDECT
Projeto industrial será instalado em uma área de 69.601,80 metros quadrados e prevê o investimento de R$ 159 milhões / Divulgação/SDECT

O secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, assinou hoje (6) o contrato preliminar de reserva de área no Distrito Industrial de Rio Grande que receberá o investimento da empresa Energy America Brazil Wood Resources Ltda. para a produção de pellets. Conforme a direção da empresa, a iniciativa irá gerar mais de 150 empregos diretos no Município. O ato contou com a presença de Leonardo Salum, da superintendência do porto de Rio Grande, do chefe de Gabinete, Gilberto de Pinho e do diretor do Departamento de Ações e Projetos Especiais da SDECT, Lucídio Valoni Ávila.

O projeto industrial que será instalado em uma área de 69.601,80 metros quadrados, prevê o investimento de R$ 159 milhões para a produção 70 mil toneladas/ano de pellets para exportação, conforme a carta de intenções entregue ao titular da SDECT pelo empresário Alan Peters, diretor presidente da empresa que faz parte de um conglomerado com sede nos Estados Unidos.

Para o secretario Fábio Branco, o investimento irá agregar valor à madeira produzida no Rio Grande do Sul. O pellets é um combustível granulado fabricado a partir de diversos tipos de biomassa renovável. A matéria-prima para produzir pellets virá do eucalipto, pinus e acácia de florestas cultivadas na zona sul do estado.O mercado europeu onde 37% da energia consumida é gerada a partir do carvão mineral busca substituir essa fonte que gera impacto no efeito estufa pela biomassa de elevado poder calorífico.

Fábio Branco assinalou que tanto o terminal portuário, quanto a logística de transporte deverá contemplar a integração de todos os modais para o projeto de exportação, observando os procedimentos de áreas e instalações portuários exigidos pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq)

17580288_10154244085715964_1872344263_n