Canadá desbanca EUA como o país com a classe média mais rica do mundo

0
487
IMPRIMIR
Uma mulher compra no mercado Jean-Talon, em Montreal / Michael Defreitas

O crescimento feroz da desigualdade de renda e o estancamento da ascensão social nos Estados Unidos debilitaram a american middle class. Um conceito algumas vezes difuso, mas que se casa à perfeição com o ideal do sonho americano, esse em que qualquer pessoa que trabalhe duro tem uma oportunidade de prosperar nesse país. A mitificada classe média cambaleia. A essência da identidade estadunidense como terra das oportunidades se desvanece. E quem protagoniza essa mudança – o tempo dirá se pontual ou permanentemente – quem assesta o golpe no orgulho é o vizinho do norte, ao qual os estadunidenses valorizam muito positivamente, mas que tendem a ignorar e desconhecer.

O Canadá desbancou os EUA como o país com a classe média mais rica do mundo. É o que revela um estudo do LIS, um instituto de Luxemburgo que anualizou a evolução das rendas, após pagamento de impostos, de vários países avançados nos últimos 35 anos, com a novidade que os segmenta em camadas de riqueza da população. Isso permite extrair uma mediana – correspondente à camada da metade – em vez de uma média. Enquanto em PIB per capita o domínio dos EUA é avassalador – 15% superior ao do Canadá nos últimos 25 anos –, porque a hiperconcentração de ricos infla a média, na mediana a renda nos EUA é suplantada pela do Canadá.