Autoridade Portuária determina gerenciamento racional dos TPAs nos Portos do RS

0
90
IMPRIMIR
O Superintendente da Portos RS afirma que a meta é o diálogo permanente entre as categorias e que ajustes em relação aos protocolos de chamamento de trabalhadores irão se ajustando continuamente durante a crise da pandemia.

A Portos RS visando administrar e otimizar os processos e a segurança dentro do ambiente portuário decidiu numa reunião com os representantes dos Sindicatos, de que a requisição dos Trabalhadores Portuários Autônomos (TPA), terá protocolos específicos. Tais trabalhadores serão requisitados para o trabalho dentro da medida em que forem necessários para o completo funcionamento do porto.

O Superintendente da Portos RS afirma que a meta é o diálogo permanente entre as categorias e que ajustes em relação aos protocolos de chamamento de trabalhadores irão se ajustando continuamente durante a crise da pandemia. O superintendente Fernando Estima destaca ainda tal redução como primordial para manter a saúde de toda a comunidade rio-grandina e ainda destaca que vem realizando reuniões através de vídeoconferência, para prevenir e conter possíveis epidemias do COVID-19.