Aeronaves UH-17 da Marinha Brasileira realizam primeiro voo na Antártica

0
143
IMPRIMIR
                              Aeronave UH-17 decolando do Navio Polar “Almirante Maximiano”

No dia 25 de novembro, o 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral realizou o primeiro voo com as recém-adquiridas aeronaves UH-17 no Continente Antártico.

Os “Águias” 7090 e 7091, orgânicos do Navio Polar “Almirante Maximiano”, foram lançados para permitir a ambientação dos tripulantes ao voo em regiões de clima frio, realizar reconhecimento dos pontos de interesse nas proximidades da Estação Antártica Comandante Ferraz, e qualificação e requalificação de pouso a bordo com o Navio de Apoio Oceanográfico “Ary Rangel”.

Após cumprir intenso período de adestramentos teóricos e práticos, envolvendo a operação e a manutenção do novo modelo de aeronave, os militares componentes do Destacamento Aéreo Embarcado (DAE) da 39ª Operação “Antártica” (OPERANTAR) e das equipes de manobra e crache dos navios puderam executar na prática tudo o que treinaram durante a fase inicial de transição para este novo meio.

                                      Primeiro sobrevoo na Estação Antártica Comandante Ferraz

As aeronaves N-7090 e N-7091 são as duas primeiras de um total de três aeronaves UH-17, adquiridas junto à Airbus Helicopters, com o objetivo de cooperar e ampliar a capacidade das operações aéreas embarcadas em proveito do Programa Antártico Brasileiro (PROANTAR) apoiando, inclusive, projetos científicos. O recebimento da terceira unidade está previsto para ocorrer até o início do próximo ano.