147 portos oferecem bunkering de GNL, segundo a Clarksons

0
14
IMPRIMIR
 A expansão da capacidade global de abastecimento acontece no momento em que 37% das construções atuais, segundo a Clarksons, podem usar o GNL

Um total de 147 portos em todo o mundo já oferecem GNL para navios e o número deve chegar a 200 até 2024, segundo estima a Clarksons Research.A Europa lidera a infraestrutura de abastecimento de GNL, com a maioria de seus principais portos oferecendo o serviço, incluindo os da Holanda, Alemanha e Noruega. Alguns dos projetos mais recentes incluem portos no Egito, à medida que o Canal de Suez se prepara para se tornar um centro de abastecimento de GNL.

A expansão da capacidade global de abastecimento acontece no momento em que 37% das construções atuais, segundo a Clarksons, podem usar o GNL. O interesse no combustível teve um grande crescimento recentemente e o uso de duplo combustível é tendência para novas construções.

O aumento na demanda também gerou a contratação recorde de novos navios transportadores de GNL, somando 17,4 milhões de metros cúbicos e US$ 22 bilhões encomendados em 2022 em meados de julho, informa a Clarksons.

A frota de transportadores de GNL atingiu 691 navios, dos quais 621 acima de 100.000 m³.